segunda-feira, 8 de janeiro de 2018

Dão Vinhas Velhas 2014, one of the most exciting wines of the year for Decanter





4 comentários:

  1. Parabéns pelo feito, Antonio! É um grande e merecido reconhecimento ao seu trabalho!
    Abraços,
    Flavio

    ResponderEliminar
  2. Caro Antonio,
    há muito tempo que acompanho esta sua aventura, ja estive consigo na Issencia do Vinho uma vez. Já provei um vinho seu que gostei e achei algo caro. Errei, o vinho tem que ter o preço justo correspondente ao trabalho do agricultor.Parabéns e que continue muitos anos. Idalino Leão

    ResponderEliminar
  3. E o sucesso continua. Vejam nota da edição de Maio da Revista Decanter:

    Antonio Madeira, Branco, Serra da Estrela, Dão, Portugal 2015, 95 Pontos.

    This dry white is a field blend of about 20 indigenous varieties, from 50- to
    100-year-old vines. It is elegant and refined with crystalline acidity and pure floral and fennel aromas. It is aged for 18 months mainly in stainless steel, but a small proportion sees time in French oak which adds complexity and texture, all wrapped up in a saline mouthfeel. A full-bodied, serious food wine. Alc 13%.

    Parabéns, Antonio!

    Abraços,

    Flavio

    ResponderEliminar
  4. Meu caro,
    Segui,e, tenho seguido o seu blog, que muito me dizia, (eu próprio, estive tentado a fazer algo semelhante numa vinha que herdei no Douro), tenho visto, ultimamente, a pouca assiduidade dos seus post's. Estou a ler, com alguns dias de atraso, notícia sobre a Feira dos vinhos do Dão. Assim lembrei-me de si e da sua aventura. Como tem sido a superação dos espinhos da burocracia portuguesa?

    ResponderEliminar